1ª Etapa Copa Paulista de Motocross 2021- Paranapanema

4ª Etapa Copa Paulista de Motocross – Guareí
18 de março de 2020

1ª Etapa Copa Paulista de Motocross 2021- Paranapanema

Na volta da Copa Paulista de Motocross, Japinha vence principais provas em Paranapanema/SP

Piloto de Tupã Renan Goto”Japinha” vence a MX1, MX2, MXN1 e a Open, e confirma o favoritismo
Com mais de cem pilotos inscritos e em uma paisagem magnífica, a prainha da cidade de Paranapanema/SP, a Copa Paulista de Motocross, organizada pela SMS Cross, voltou com chave de ouro.
Só que o favoristismo não mudou. Renan Goto, o Japinha (Tupã/SP) continuou acelerando forte e venceu todas as provas que participou. Todas com larga vantagem, mas teve prova que ele contou com a sorte para vencer.
Foi o caso da MXN1, já que Gabriel Sanciani “Gabi” (Bauru SP) largou bem, conseguiu ultrapassagens fantásticas sobre José Divino, o “Pitio” (Riversul/SP) e Lukinha (Itaí/SP) e liderou até a metade da prova, mas um problema na corrente da sua moto, o fez parar e deixar a vitória de mão beijada para Japinha, que estava na sua perseguição. Pitio terminou em segundo, Lukinha logo atrás. Gabi ainda terminou em quarto e Nilson Breda (Marília/SP) fechou o pódio.
Nas outras, a vida de Japinha foi mais fácil. Na MX Open, ele até largou atrás, para sorte do público que viu suas ultrapassagens, suas manobras sensacionais e a sua vitória. Francisco Gianetti (Paranapanema/SP) fez boa disputa com Ricardo Belluci “Boza” (Piraju/SP) e terminou em segundo com o pirajuense logo depois. O quarto foi Pitio e a quinta colocação foi de Vitor Mantovani (Manduri/SP) que até liderou a prova mas foi ultrapassado e caiu.
Na MX2, o Japonês voador também venceu, com Felipe Minato (Cornelio Procópio/PR) em segundo. O piloto da casa, Fred (Paranapanema/SP) em terceiro. Bine (Bauru/SP) em quarto e Pixarro (Angatuba/SP) fechando os cinco primeiros. Na MX1, além da vitória do Japinha, Gianetti repetiu o desempenho da Open e ficou com o segundo lugar, seguido também de Boza, Gabriel Pilegi (Piraju/SP) e Marquinho (Angatuba/SP).
Das provas mais fortes, a única que Japinha não ganhou foi a MXN Open, com vitória de Pitio, com uma boa briga de posição com Lukinha, que terminou logo atrás. Binho (Itaporanga/SP) fechou em terceiro, na frente de Buri (Cerqueira César/SP) e Breda.
Na Nacional 2, vitória do piloto da casa. Fred abriu vantagem e não deu chance aos adversários. Gegé (Angatuba/SP) fez boas ultrapassagens para chegar em segundo. Igor Gusmão (Bandeirantes/PR) se recuperou de queda e chegou em terceiro, com Bita (Angatuba/SP) em quarto e Pavão (Paranapanema/SP), em quinto.
Binho fez prova com muita emoção, com queda e ultrapassagens, e venceu a Nacional sênior 33. Breda liderou boa parte da prova mas não agüentou a pressão de Binho e Buri. Buri terminou em segundo e Nilson Breda (Marilia SP) em terceiro. Grampola (Cambara/PR) foi o quarto e Jesse Lopes (Angatuba/SP) terminou em quinto.
Ricardo Belluci “Boza” (Piraju/SP) venceu de ponta a ponta a MX3. Camilotti (Santo Antonio da Platina/PR) largou mal, recuperou posições e terminou em segundo. Buri também fez boa prova de recuperação e passou na linha de chegada em terceiro. Anderson (Lins/SP) e Alcir (Marília/SP) completaram o pódio.
Na MX4 Marcelo Moraes “Buri” (Cerqueira Cesar) venceu e Alcir (Marilia) foi o segundo. Mas o destaque da prova foi Joãozinho (São Paulo/SP). Ele caiu na largada, voltou nas últimas posições, fez grande prova de recuperação e cruzou a linha de chagada em terceiro. Xuxu (Londrina/PR) e Irineu (Cornélio Procopio/PR) fecharam os cinco primeiros.
A disputa foi boa pelo primeiro lugar na MX5 entre os marilienses Alcir e Renatinho. Renatinho começou na frente mas Alcir achou um espaço e fez a ultrapassagem, mantendo a liderança até o final, com o companheiro de cidade em segundo. Dickson (Lins/SP) foi o terceiro. Claudinei (Cornélio Procopio/PR) foi quarto, e o Kiko Gás (Itapetininga/SP) foi o quinto.
Na Intermediária, Joãozinho (Tarumã/SP) superou os grandões com várias ultrapassagens e venceu. Xuxu foi o segundo. Piuí (Londrina/PR) terminou em terceiro. Tom (Angatuba/SP) e Bine fecharam o pódio.
Juan Pablo (Itaporanga/SP) venceu na Junior A, seguindo de Burizinho (Cerqueira César/SP), Joãozinho, Murilo (Itaporanga/SP) e João Felipe (Bauru/SP). Na Junior B, vitória de Joãozinho, com Luiz Afonso (Itapeva/SP) em segundo, Gleison (Itaporanga/SP) em terceiro, Arthur (Avaré/SP) em quarto, e Pietro (Avaré/SP) em quinto.
Entre as meninas, Eloisa (Avaré/SP) venceu com tranquilidade, com Maria Eduarda (Paranapanema/SP) em segundo, Carol (Bauru/SP) em terceiro e Josiane (Paranapanema/SP) em quarto.
As crianças que dão um show a parte e na Mini Motos, vitória de Luiz Afonso, seguido de Arthur, Enzo (Paranapanema/SP), Gabriel (Bauru/SP) e Thomaz (Tarumã/SP). Na 50 cc, Thomaz venceu, com Pedro Lucas (Paranapanema/SP) em segundo, Gabriel (Itapetininga/SP) em terceiro, José Arthur (Itapeva/SP) em quarto, e Davi Lucas (Taguaí/SP) em quinto.
A Copa Paulista de Motocross tem o patrocínio da Solucard, Valor Tecnologia de Ativo e Conti Cola.
Próxima etapa da Copa Paulista de Motocross já está marcada para os dias 11 e 12 de dezembro em Itaí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *