Super Final Copa Paulista de Motocross 2021- Itai – SP

1ª Etapa Copa Paulista de Motocross 2021- Paranapanema
18 de novembro de 2021
Abertura Conferência de Motocross Leste e Oeste 2022- Iaras – SP
22 de março de 2022

Super Final Copa Paulista de Motocross 2021- Itai – SP

José Faustino Filho (Pítio) vence prova mais disputada da última etapa da Copa Paulista de Motocross

Mudanças de posições foram a constante na categoria MXN1 que levantaram o público em Itaí

A prova mais disputada do domingo na Copa Paulista de Motocross em Itaí foi MXN1, a categoria onde todos os pilotos que andar com motos nacionais podem andar. José Faustino Filho (Pitio – Riversul/SP), Gabriel Sanciane (Gabi – Bauru/SP), Lucas Fernando (Lukinha – Itaí/SP) e Renan Goto (Japinha – Tupã/SP), fizeram ultrapassagens que deixaram o público sem fôlego, com emoção do início ao fim.

José Faustino Filho (Pitio) largou bem e ficou na frente quase toda a prova, deixando a briga entre Sanciane (Gabi), Goto (Japinha) e Lucas (Lukinha) quente logo atrás. Goto até conseguiu ultrapassar Sanciane (Gabi) na sexta volta. Só que foi ultrapassado novamente pelo piloto de Bauru e perdeu também o terceiro lugar para o atleta da casa. Na décima volta Goto parou com problemas na moto. Na volta seguinte, foi a vez de Sanciane (Gabi) surpreender Pítio e conquistar o primeiro lugar. Mas o piloto de Riversul não desistiu e voltou para a ponta. Lucas (Lukinha) ainda tentou frear mais perto da curva na penúltima volta, bateu em Sanciante (Gabi), caiu, e se contentou com o terceiro Lugar. Na última volta Sanciane (Gabi) ainda tentou voltar a frente. Ele e José Faustino Filho (Pitio) disputaram no “jogo de corpo” a posição e Pítio cruzou a linha da chegada em primeiro, com Sanciane (Gabi) em segundo. Outro piloto da casa, Ramon Cardoso, ficou com o quarto lugar, e Nilson Breda (Marília/SP) foi o quinto.

José Faustino Filho (Pitio) e Goto (Japinha) não disputaram a MXN Open, o que facilitou a vitória de Sanciane (Gabi). Lucas (Lukinha) brigou no começo pela liderança,  mas teve que se contentar com o segundo lugar. Breda terminou em terceiro. O quarto colocado foi Aquilino Junior (Itapetininga/SP) e João Moreira (Jonny – Presidente Alves/SP) fechou o pódio.

Quem teve muito azar foi Jair Junior (Juninho – Itaí/SP) que liderou toda a prova da MXN2, mas na última volta a moto teve problema no carburador e ele abandonou. Com isso Frederico Oliveira (Fred – Paranapanema/SP) recebeu a vitória de bandeja. Ezaqueu ficou com o segundo lugar. Pedro Domingues (Peixinho – Paranapanema/SP) ficou com o terceiro lugar. Neto Egidio (Santana do Itararé/PR) foi o quarto. E Luiz Augusto, outro piloto da casa, ficou com o quinto lugar.

Entre as importadas, o favoritismo de Goto (Japinha) foi confirmado. Ele venceu a MX Open com tranqüilidade, com Victor Mantovani (Manduri/SP) em segundo. Francisco Gianetti (Paranapanema/SP) brigou muito pelas posições e terminou em terceiro. Felipe Minato (Cornélio Procópio/PR) ficou muito tempo em terceiro mas no final foi ultrapassado por Gianetti e terminou em quarto, com Fabricio Leitão (Bauru/SP) fechando os cinco primeiros.

Na MX1, Goto (Japinha) também venceu com Victor em segundo, Rodrigo Guerreiro (Botucatu/SP) terminou em terceiro. Lucas Andrade (Marília/SP) acabou em quarto e Manoel Bernardo (Cornélio Procópio/PR) cruzou a linha de chegada em quinto. Outra vitória de Goto (Japinha) foi a MX2, com Leonardo Souza (Léo – Itapeva/SP) em segundo, Felipe Minato em terceiro, Clebion da Silva (Pixarro – Angatuba/SP) em quarto, e Alan Carvalho (Itararé/SP) em quinto.

Gianetti venceu a MX3 e Guerreiro a MX4. Nas duas provas João da Silva (Joãozinho – São Paulo/SP) fez boas ultrapassagens e fechou a prova em segundo. Na MX3, Lucas Andrade terminou em terceiro. Alan Carvalho foi o quarto. E Aristeu Junior (Chaveirinho – Botucatu/SP) fechou os cinco primeiros. Voltando a MX4, Alcir Franco (Marília/SP) fez a ultrapassagem em Alexandre Oliveira (Xandí – Andirá/SP) e tomou o terceiro lugar e o paranaense ficou logo atrás. Nessa Aristeu Junior (Chaveirinho) também terminou em quinto.

Alcir liderou a MX5 de ponta a ponta e não deu chances para os adversários. Irineu Minato (Cornélio Procopio/PR) se beneficiou da saída de Renato Batista (Renatinho – Marília/SP) da prova e terminou em segundo. Eloisa Batista (Avaré/SP) ficou com o terceiro lugar. O quarto lugar ficou com Dickson Ferreira (Lins/SP) e a quinta posição foi preenchida por Claudinei Palazzio (Nei – Cornélio Procópio/PR).

Frederico Oliveira (Fred) e Juan Pablo (Itaporanga) brigaram pela primeira posição nas últimas voltas da MX Intermediária. Só que na última volta os dois se tocaram, as motos desligaram e Fabiano Leitão (Biné – Bauru/SP) se beneficiou e venceu. Fred ainda se recuperou a tempo de terminar em segundo. Clayson Camargo (Piui – Londrina/PR) também se beneficiou da batida e terminou em terceiro, com Juan Pablo em quarto. Ekel Bonin, (Assis/SP) fechou o pódio.

Na Nacional acima de 33 anos, vitória de Nilson Breda. Marcelo Moraes (Buri – Cerqueira César/SP) até ameaçou mas terminou em segundo. Ramom foi o terceiro. Juliano Bueno (Japa – Itaporanga/SP) se recuperou na prova e terminou em quarto, com Odair de Paulo (Bauru/SP) fechando os cinco primeiros.

Entre os menores, na Junior A, Juan Pablo foi o primeiro, Felipe Moraes (Burizinho – Cerqueira César/SP) terminou em segundo. João Teixeira (Bauru/SP) ficou com o terceiro lugar.

Na Junior B, Luiz Afonso (Itapeva/SP) liderou de ponta a aponta, com Caio Brisoti (Matão/SP) em segundo. Luiz Augusto foi o terceiro. Gabriel Tomé (Itaí/SP) foi o quarto e Italo Russo (Itaí-SP) foi o quinto.

Luiz Afonso também venceu da mesma forma a Mini Motos. Gabriel Piedade (Lelinho – Itapeva/SP) foi o segundo. Enzo Costa (Paranapanema/SP) ficou em terceiro. César Santos (Assis/SP) foi o quarto. E Thomaz Aquino (Itapeva/SP) fechou o pódio.

Entre as 50 cilindradas, Pedro Lucas (Paranapanema/SP) venceu. Thomaz foi o segundo. Davi Lucas (Taguaí/SP) foi o terceiro. José Arthur (Itapeva/SP) terminou em quarto. E Gabriel Lopes (Itapetininga/SP) encerrou entre os cinco primeiros.

Eloisa venceu a categoria Feminina. Maria Eduarda (Paranapanema/SP) terminou em segundo. Caroline Sugi (Bauru/SP) foi a terceira colocada. Natalia Roque (Marília/SP) recebeu a bandeirada em quarto. E Josiane de Almeida (Paranapanema/SP), fechou as cinco primeiras.

A prefeitura Municipal de Itaí, que tem a frente o prefeito José Ramiro, deu todo apoio ao evento, como também o secretário de esportes da cidade, Marcelo. A Copa Paulista de Motocross tem o patrocínio da Conti, Valor Tecnologia de Ativos, Solucard, Rota Brusca e Casca Grossa Pneus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.